Páginas

Patrocinado

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

AMOR (IM) PERFEITO: tornar-se uma só carne...


AMOR (IM) PERFEITO: tornar-se uma só carne...

“Gostaria que eu tivesse um ponto de beleza que amasses secretamente... gostaria de ser o teu sorriso preferido...”

Todo ser humano terá alguém que o ama, e isso me recorda um conto de fadas da minha infância, contado por Dona Cândida, avó de uma amiga: “A Bela e a Fera”.

Uma fera perigosa? Uma bela corajosa?  Esse amor antagônico penetrou profundamente em minha alma infantil, provocando fantasias indizíveis, que até hoje povoa meu imaginário e mobiliza o sistema límbico, numa tremenda farra de sensações mescladas, esculpidas e escancaradas de muitas saudades.

Ah, o amor! Esse sentimento nobre carregado de paixões, filtradas através do impulso neural, que aciona um vulcão de emoções aparentemente inativo, explodindo em puro fogo e apontando o seu implacável dedo luminoso de uma verdade essencial: a subjetividade amorosa da natureza humana.

Uma verdade incontestável, desse encantado mundo de sonhos, fantasias, desejos, e que podem despedaçar uma alma, mas também eternizar a beleza do amor e deixar sua marca “ad eternum” em nossos corações.

Amor, essa graça divina, é a graça das graças, a maior emoção humana, uma sensação indizível, a verdadeira identidade que autentica a nossa humanidade, esse dom celestial, a completude da vida, o toque original da fagulha de um Deus onipotente.

Tudo deveria estar alicerçado no amor, esse tesouro de nosso espaço interior, essa força grandiosa concedida à alma humana e que nos possibilita vivenciar dimensões sobrenaturais.

Do ponto de vista fisiológico e através dos cinco sentidos é possível  perceber a afetividade,  que se descortina  no olhar, no toque, na doçura do ouvir, na interpretação do cheiro e sabor provocado em nós pelo outro,  tudo isso  em acréscimo às  mudanças psicológicas que se sucedem e que alimenta o centro das emoções, regulando ou desregulando o substrato neural, deixando o cérebro em um emaranhado de vivências e experiências personalíssimas  que moldam ou condicionam, nossa forma de amar.

Viver em par? Avulso?

Somos seres do afeto, dos vínculos que nos humaniza e provoca  uma maratona de substâncias neuroquímicas,  que trabalham a todo vapor ou cruzam os braços,  desencadeando  respostas coerentes ou não em nosso S.N.C. (Sistema Nervoso Central), ativando sem dó e nem piedade a intrometida Dopamina ou a dominadora Oxitocina, deixando sensações de prazer viciante ou estressante, levando-nos aos píncaros da glória ou ás raias da loucura, por isso nunca subestime o poder desafiador dessas substâncias que devem ser controladas e equilibradas do ponto de vista médico e também pela capacidade de exercitar e manter a inteligência emocional.

Nessa batalha travada nos circuitos cerebrais, cada emoção se combina em uma via somática, produzindo um sentimento eliciado por um determinado estímulo, e que responde através de uma atitude coerente ou não, dependendo da neuroquímica atuante no cérebro naquele momento.

Então, é preciso dar uma turbinada na mente, renovar e limpar o lixo da ansiedade, do medo, do desespero, da depressão e de qualquer outra emoção negativa que bloqueiam pensamentos saudáveis e impossibilita ou impedem de vivermos a plenitude de nosso potencial.

Mente renovada é a chave para uma transformação profunda e efetiva, portanto,  não se conforme com o status quo de certos circuitos cerebrais, que ao se desorganizarem geram angústia e dor.

Sim, você é responsável por sua vida, mas na dependência de algo extraordinário que se chama fé.

Fé é a dependência de Deus, e isso certamente trará paz para sua vida, afinal além do físico e mental, somos seres espirituais quer aceite ou não.

Uma coisa é ter na mente um amor mundano, um amor que o mundo aprova e outra muito diferente é ter um amor que te foi dado pela Graça de um Deus justo e verdadeiro.

Se você deseja um amor escolhido por Deus terá que gerar em oração, talvez possa passar décadas, e o tempo é um grande teste em nossas vidas, mas se você se mantiver firme e no foco, terá uma resposta boa, perfeita e agradável.

Já pensei o amor de um homem e de uma mulher, sob vários ângulos, já busquei nas neurociências e em outras teorias, mas cheguei ao fim, convicta que se esse amor não tiver o selo do Espírito Santo  está fadado ao desencanto e à ruína.

Amados, se você deseja se casar e isso parece um sonho impossível, entre no descanso de Deus e da  busca através da oração, clamor, perseverança, confiança e fé, e  não se desespere,  e nem desanime, pois é possível que em algum momento, você comece a duvidar de que seus sonhos se transformem em realidade, afinal vivemos em um mundo caído, corrupto, amoral, violento, um mundo perdido pelo pecado, pela torpeza, por mentiras e enganos, um mundo extremamente cruel, corrompido pela inversão de valores, onde o amor parece banidos dos corações.

Quando passamos pelo deserto ou pelo vale da sombra da morte (doenças, perdas, crises, mortes, esperas,  ataques de toda ordem), nossos joelhos espirituais começam a tremer ao percebermos as armas forjadas contra nossa vida, línguas afiadas que se levantam para amaldiçoar, acusar, julgar e condenar, mas a boa notícia é que na Palavra de Deus está escrito que o justo viverá pela fé.

É verdade, somos novas criaturas, estamos em Cristo, temos sua natureza e  vida de Deus dentro de nós.

A Sexualidade é um dom de Deus,  e que delícia essa promessa: “...e, com sua mulher, serão os dois uma só carne. De modo que já não são dois, mas uma só carne”. (Marcos 10:08),  e essa intimidade, completude, unicidade e fusão,  somente poderá ser vivida na dependência de DEUS.

Não ouça o que diz o mundo, não ouça as vozes contrárias, que se levantam para ferir, para destruir e abortar sonhos, não ouça os desdenhosos, eles são sabotadores de vida e de esperança, são instrumentos de morte, de isolamento, são intolerantes, invejosos e maledicentes, são desencorajadores, envenenam a vida daqueles que estão próximo, usam a fofoca, a intriga, a infâmia e a difamação, o seu fim é choro e ranger de dentes.

Não tenha medo, afinal você e eu somos parceiros de Deus, portanto, mais que vencedores.

Valores morais e caráter de Cristo são nossas herança, podemos celebrar o sexo de forma excitante, sob as bênçãos de Deus que é construída no equilíbrio das necessidades de ambos, e para que isso aconteça é necessário o amadurecimento emocional e espiritual.

Na Bíblia em Cantares de Salomão as emoções produzidas pelo amor são expressos de forma vívida e poética, comparado ao vinho, a mulher amada como um jardim, e o amado  à  uma  macieira, com sombra e frutos doces.

Nosso corpo é o templo do Espírito Santo e tornar-se uma só carne é a celebração do amor em liberdade para tocar e ser tocado,  com confiança,  segurança, e poder passear pelo jardim sem se sentir envergonhados mas com ousadia e doçura.

Uma liberdade comprometida, alicerçada no casamento, para desfrutar um do outro com afeto, desejo e admiração, pois a sexualidade foi nos  dada como um presente por um Deus infalível e poderoso.

Tornar-se uma só carne... o maior desafio do amor.

Tudo ao Deus do meu amor...

Deijone do Vale
Neuropsicóloga

5 comentários:

  1. Texto maravilhoso!!! Obrigada, amiga por citar minha querida avó Cândida em um texto tão pertinente à sua pessoa, ao que ela era em toda sua essência e plenitude. Realmente, a expressão do amor visível e revelada nos seus cinco sentidos, era capaz de, através das suas estórias, nos transportar ao mais fantástico e incrível mundo da fantasia. Você descreve o amor com a sensibilidade própria do poeta, daquele que reconhece no amor a fonte da mais sublime das inspirações que é amor incomparável do nosso Deus que é o próprio amor."Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles porém, é o amor".

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Tania, pela generosidade e pelo privilégio de ter sua amizade e conhecer suas raízes, uma família extremamente dotada de habilidades poéticas e líricas, da qual sua mãe representou magistralmente, com sua bela voz.
    Um grande abraco,

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto,você sempre escreve textos maravilhosos e diz tudo que preciso.
    Parabéns beijos.

    ResponderExcluir